A Portobello Road do filme Um lugar chamado Notting Hill

junho 25, 2015



Um Lugar chamado Notting Hill é um clássico moderno das sessões vespertinas da televisão brasileira. Estrelado por Julia Roberts e Hugh Grant, a película conta a história de como uma super-celebridade do cinema, a atriz americana Anna Scott, conhece um homem simples de Londres, dono de uma livraria de livros de viagem, em Notting Hill e vive com ele uma história romântica, embalada por uma trilha maravilhosa, que inclui uma regravação de "She", um dos clássicos de Charles Azanavour, na voz do mito Elvis Costello.



Boa parte das cenas têm como locação uma das ruas mais tradicionais do bairro de Notting Hill, a Portobello Road. Todos os sábados, o local recebe uma feira, conhecida como Portobello Road Market.  Lá você pode encontrar brechós, antiguidades, entre outras coisas interessantes.






Outra atração desse pedaço de Londres são as casas vitorianas, as quais são mantidas pelos moradores e comerciantes. Algumas pintadas com cores vibrantes.




Caso você não queira somente guardar as imagens na mente ou em sua câmera, você pode levar um pedaço de Notthing Hill pra casa e não estou sugerindo alguma forma de vandalismo. A loja que serviu de locação para a livraria de William (vivido por Hugh Grant), agora é uma loja de sapatos. Mas ali perto, na rua Blenheim Crescent, 13-15, localiza-se a livraria de livros de viagem que inspirou o roteirista do filme.



A casa de porta azul, outro local importante do filme, famosa por ser o lugar onde os paparazzis descobrem o romance secreto de Anna, não localiza-se na Portobello Road.



Ela fica na Westbourne Park Road, e é a casa do roteirista do filme, Richard Curtis.

A Portobello Road é uma atração obrigatória para quem visita Londres. E é o coração do bairro Notting Hill.

  • Share:

You Might Also Like

1 Comments