Perdido no deserto de Wadi Rum

janeiro 07, 2016



Os desertos são lugares bem peculiares e  não recomendados para seres humanos. Chove pouco, a temperatura oscila entre um calor mortal durante o dia e um frio aterrador nas noites. Mas, mesmo assim, muitos diretores encaram o desafio de contar histórias nesses locais tão áridos.
Ridley Scott, por exemplo, em seu mais novo longa, Perdido em Marte (The Martian), reproduziu o planeta Marte no deserto jordaniano, em Wadi Rum.
"Wadis" são rios que ficam secos na maior parte do ano e ganham vida na estação das chuvas.  E enquanto isso não acontece, esses vales, localizados em terras jordanianas, recebem muitos visitantes.
O Wadi Rum, onde as filmagens aconteceram, é repleto de rochas de arenito e, também, resquícios de antigas civilizações, como os Nabateus.
Muitos longas-metragens foram gravados por aqui, como Lawrence da Arábia, por exemplo. Por isso, a região atrai muitos visitantes estrangeiros que buscam trilhas e as formações rochosas para escaladas. Acredita que os jordanianos não se interessam muito pelo lugar?
Existem muitas empresas que levam turistas para essa parte da Jordânia. Além de conhecer as belezas naturais do local, você pode aprender um pouco mais sobre o modo de vida dos beduínos, o povo que vive de forma itinerante pelo deserto e, quem sabe, resgatar algum astronauta perdido.
















  • Share:

You Might Also Like

0 Comments